Um blog feito por homens

Arquivo da categoria: Futebol

837b2129-51f7-4a3b-84cd-adebd7c7036b_image

 

Quem nunca pensou em ser rico e famoso!!! Foda-se a beleza!!!


Na verdade o post eram os 60, como todos podem ler na tabela abaixo, mas estou cansado, com vontade de tomar uma cerveja e por isso vou colocar apenas os 20. Já tem brasileiro para caralho nessa porra, assim sendo já podemos tirar uma onda com a cara de quem está fora dessa lista!

2700914e-f3bd-4007-b789-8402e79dc171_Captura de tela inteira 13012014 083832


nfl

Diferentemente do futebol aqui no Brasil, o ano de 2013 já entrou para a história da NFL em termos de audiência e fanatismo. Segundo comunicado da própria Liga, o campeonato de futebol americano estabeleceu um novo recorde em jogos com casa lotada, coisa que aqui no Brasil é coisa muito rara.

Apenas duas partidas da temporada inteira sofreram “blecaute”. Isso acontece quando o time mandante não consegue vender a carga de ingressos total com pelo menos 72 horas restando para o início da partida. Caso a carga total não se esgote neste tempo, as redes de televisão aberta não transmitem a partida para a cidade em questão.

Todos os jogos da NFL são transmitidos na televisão aberta na cidade do time visitante e, caso os ingressos se esgotem em até 72 horas antes do início da partida, também para o município mandante. O recorde anterior havia sido estabelecido em 2006, quando apenas sete partidas sofreram “blecaute” na cidade mandante.

Caso esse tipo de coisa fosse feito no Brasil nenhuma cidade teria um jogo transmitido para a sua própria cidade.

Fonte: ESPN


Recentemente, um estudo da consultoria KPMG, constatou que os estádios construídos no Brasil são os mais caros do mundo. Dos 20 mais caros, 10 são do Brasil. Nossos estádios ficaram a frente dos mais modernos da Europa, inclusive, com valores muito mais elevados que os estádios da Copa do Mundo da Alemanha e Africa do Sul.
A pesquisa levou em conta o numero de assentos e não o valor total da construção. Dessa forma, dividi-se o valor total pelo numero de assentos, para não ter a injustiça de comparar um estádio de 90 mil lugares e outro de 45 mil.
Os estádios brasileiros aparecem: na 3° posição com o Mané Garrincha (R$ 20.770 por lugar), 7° com Maracanã (R$ 15.640), 10° com Arena Amazônia (R$ 13.780), em 12° a Arena Corinthians (R$ 11.860), em 13° a Arena Pantanal (R$ 11.860),
em 14° a Arena Pernambuco (R$11.540), em 15° a Fonte Nova (R$ 10.570), em 16° o Mineirão (R$ 10.250), em 19° o Castelão (R$ 8.970) e em 20° com a Arena da Dunas.
Confira os 10 primeiros:

10° Arena Amazônia
Arena amazonia
A Arena Amazônia é um estádio que foi construído do zero, com inicio da construção em 2011. Ele ocupou o mesmo lugar que ficava o antigo estádio “Vivaldão”, em Manaus. Tem capacidade para 42.374 torcedores e teve um custo total de R$ 609 milhões. Se fizermos a divisão, custa R$ 13.790 por assento. O décimo estádio mais caro do mundo receberá apenas 4 jogos da fase inicial da Copa do mundo 2014.
9° St. Jakob-Park
St Jakob Park
O St. Jakob-Park é o maior estádio da Suíça, com capacidade de até 38.512 torcedores. Ele foi inaugurado em 2001, mas seus maiores jogos ocorreram durante a EURO 2008 quando a Suíça foi sede. Lá é casa do clube local Basel. O custo total do estádio foi de 220 milhões de francos, que resulta em R$ 554 milhões. São 14.100 por assento.
8° Allianz Arena
Allianz Arena
O Allianz Arena é um dos estádios mais modernos da Europa. Ele é o estádio oficial do Bayern de Munique e foi palco da abertura da Copa do Mundo de 2006. Ele é conhecido pela rápida evacuação dos torcedores ao sair do estádio em apenas 15-20 minutos (O antigo Maracanã demorava 2-3 horas). Inaugurada em 2005, teve um custo total de R$ 1.8 bilhão. Resulta em R$ 15.570 por assento.
7° Maracanã
Maracana
Apesar de receber apenas reformas, sobretudo em sua cobertura. O Maracanã é hoje o sétimo estádio mais caro do mundo. Ele está avaliado em R$ 1.198 bilhão. Resulta em R$15.640 para cada um dos seus 73.531 lugares para torcedores. Ele sediará a abertura e jogos da Olimpíadas 2016 e final da Copa do Mundo no Brasil. Ele continua sendo o maior estádio do Brasil.
6° Stade des Lumières
Stade des Lumieres
Stade des Lumières será o novo estádio do oficial do clube Olympique Lyonnais, da França. Sua inauguração esta prevista para 2015, e até agora seu custo esta estimado em R$1.025 bilhão, podendo aumentar. A previsão é de 58 mil lugares, oque resulta em R$16.980 por assento. O estádio será uma das 10 sede da EURO 2016.
5° Friends Arena
Friends Arena
Inaugurado em 2012, o estádio é referencia em modernidade por sua cobertura retrátil que se abre e fecha. É casa do clube local de Estocolmo – AIK Fotboll – e da seleção sueca. Seu custo esta avaliado em R$ 1.112 bilhões. Sua capacidade máxima é 50 mil torcedores, R$ 18.270 por assento.
4° Grand Stade Lille
Grand Stade Lille
O estádio Lille, que tem capacidade para 50.186 expectadores, fica localizado na cidade de Lille, França. Ele abriga o clube local – Lille OSC. Foi inaugurado em 2012 com um custo estima do em R$ 1.112 bilhão. São R$ 20.700 para cada lugar no estádio.
3° Estádio Mané Garrincha
estadio mane garrincha
A grande reforma no Estádio Nacional de Brasilia quase duplicou a quantidade de lugares para expectadores. De 45.200 lugares, passou a ter capacidade de 72.788 (O segundo maior do Brasil). Seu valor, mais que dobrou. Antes avaliado em R$ 671 milhões, após a reforma, custa R$1.439 bilhão. São R$ 20.770 por lugar.
2° Emirates Stadium
Emirates Stadium
Situado em Londres, Inglaterra, o estádio é a nova casa do clube Arsenal. Ele foi inaugurado em 2006 e recebeu o nome de Emirates Stadium devido ao patrocínio da companhia aérea Emirates Airlines na construção. O custo total foi de R$1.410 bilhão, com uma capacidade para 60.361 pessoas. São R$ 22.370 por lugar.
1° Wembley
Wembley
O Wembley é o segundo maior estádio da Europa – perde apenas para o Camp Nou. Foi construído pela Federação Inglesa entre 2003 e 2007 no lugar do antigo estádio de Wembley, em Londres. O espaço deu lugar a um dos estádios nacionais mais modernos da Europa. Teve um custo de R$ 2.923 bilhões, divido pelos seus 90 mil lugares, resulta em R$ 32.480 por lugar. Curiosidade: Possui 2.618 banheiros, mais que qualquer estádio no mundo.
Fonte: http://top10mais.org

O site do Saci colorado aproveitou a proximidade das festas de fim de ano, para mandar um Feliz Natal a vários coirmãos, principalmente ao amigo de fé Grêmio. O clube lembrou que é um dos privilegiados 31 times no mundo que nunca foram rebaixados em campeonatos nacionais. Aqui em terras tupiniquins apenas 5 equipes ainda seguem firmes e fortes sempre nas elites de seus torneios.
O portal recordou ainda que a cada temporada o número diminui. Em 2013, o argentino Independiente e o inglês Wigan mergulharam no caldeirão da segundona.

O seleto grupo dos 31 que ainda sobrevivem:

Aberdeen – Escócia
Ajax – Holanda
Atlético de Bilbao – Espanha
Barcelona – Espanha
Barcelona SC – Equador
Benfica – Portugal
Besiktas – Turquia
Boca Juniors – Argentina
Celtic – Escócia
Colo Colo – Chile
Cruzeiro – Brasil
Dínamo Moscou – Rússia
Feyenoord – Holanda
Fenerbahce – Turquia
Flamengo – Brasil
Galatasaray – Turquia
Hamburgo – Alemanha
Internacional – Brasil
Internazionale – Itália
Nacional – Uruguai
Olympiacos – Grécia
Paok – Grécia
Porto – Portugal
Panathinaikos – Grécia
Peñarol – Uruguai
PSV – Holanda
Real Madrid – Espanha
São Paulo – Brasil
Santos – Brasil
Sporting – Portugal
Utrech – Holanda


Pegando carona no post do jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN, um dos belos motivos que esse blog escreverá apenas sobre futebol organizado, coisa que não acontece no Brasil. A “FA”, a CBF da Inglaterra, só que organizado, não existe julgamentos quando algum atleta recebe um cartão, amarelo ou vermelho. Quando isso acontece, existe uma suspensão autimática, simples assim. Qualquer pessoa do mundo pode consultar, isso se chama ser transparentes!!! O brasileiro Paulinho, foi expulso, não precisou ser julgado, está impedido de jogar como todos podem ver!

FA


1503989_550794741671562_254914554_n  Devido aos recentes acontecimentos no futebol brasileiro, com recursos e brigas no STJD que no entendimento desse blog é falta de ética e um ato ridículo por parte do envolvidos, assumimos o papel de nunca mais falar sobre futebol brasileiro aqui. Enquanto essa zona tomar conta do futebol e advogados decidirem resultados de campeonato, não escreveremos e nem comentaremos nada que venha a mencionar algo relacionado ao futebol brasileiro ou jogos onde a CFB (ou onde o STJD interferiu) tenha poder. Não estamos aqui para dar notícias ou brincar com um assunto que é de macho, que sempre fará parte das nossas conversar, mas que nos fazem sentir enganados, pois toda a torcida e o sentimento que tivemos, vendo os jogos e pulando de alegria ou tristeza foi jogado no lixo, por conta de interesses maiores. Portanto infelizmente esse não é mais um lugar para se discutir futebol, pelo menos não esse futebol que vemos aqui no Brasil. Aqui vamos falar, brincar e zoar o futebol de verdade, que é disputado e vencido no campo, não em um tribunal.

Atenciosamente: Felipe Argentino