Blog do Argentino

sociedade_da_cerveja_-_reproducao

Dedicação, concentração e paciência. Essas são apenas algumas características que precisam fazer parte da vida de quem se propõe a fabricar cervejas artesanais. Principalmente se for no conforto de sua própria cozinha. A prática, comum em diversos países, acabou pegando carona por aqui antes mesmo de toda essa onda de gourmetização, e virou uma espécie de ritual para os mais aficcionados, que dedicam boa parte do tempo livre para fabricar sua bebida.

“É um processo bem trabalhoso e demorado, contando do dia que se inicia a produção até abrir a primeira garrafa”, conta William Muller, de Taquara, que separa um dia inteiro para a fabricação e espera de um a dois meses para consumir. O consultor de varejo começou a pensar na produção própria depois de uma viagem ao Canadá, em 2005, quando conheceu, de fato, a cerveja artesanal. “Até então eu achava que todas eram iguais, mas lá existiam…

Ver o post original 554 mais palavras